sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Sempre há algo que falta.

Não conseguiam esquecer um do outro...


Ela passava a semana muito bem. Ele cheio de tarefas a fazer.
Mas quando se viam, unicamente naquele dia da semana - bem que evitavam - seus olhares sempre se cruzavam.
Ela continuava fazendo as mesmas coisas. Ele ainda tocando aquelas músicas.
E quando se encontravam no mesmo lugar, o silêncio gritava coisas como: eu ainda sinto sua falta.
Ela segue sua vida, até bem tranquila e muito feliz. Ele sai com os amigos, se diverte e sorri bastante.
Mas olha, quando eles se encontram...
Ele sempre lembra do sorriso dela. E ela sente falta do abraço dele. Porque sabe, essas coisas costumavam parar o tempo para os dois.

Um comentário: