sábado, 4 de dezembro de 2010

Por aqui


Não, sem mais partidas, nem despedidas.
O que eu quero agora é fincar âncora.

Deixar de lado essa história de partir por causa de um coração quebrado.
Afinal, ele não se reconstrói com uma simples mudança de ambiente, de mares.
Chega de partir a procura de um novo cais. O meu porto é aqui.
Não sou desses barcos que dão voltas e voltas ao mundo.
Já fui aqui e ali. Naveguei por águas turbulentas. Mas, hoje, a bonança se faz.
A calmaria depois da tempestade.

Nunca fui muito inconstante, só fui navegar para que os novos ventos a soprar nas minhas velas, me fizessem dar lugar a um novo caminho, que não fosse o seu.
É só que, depois de um certo tempo fincada em algo/alguém, a gente procura uma onda que nos empurre para as águas tranquilas. E não é que eu achei?
Encontrei essa pequena ilha, com uma praia linda ao redor, onde posso lançar a minha âncora.
Então, é aqui que estou. E amando tudo isso.

3 comentários:

  1. aah adorei o teu blog, flor *.*
    estou seguindo, dá uma passada lá no meu também


    http://seriaeuessa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Deve ser bom ter esse tipo de sentimento..

    como ainda não finquei a minha âncora, não sei...

    beijo
    estou seguindo o seu blog. tudo bem?
    http://emyhouse.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. e que assim seja por muito tempo :)

    eu vou fazer uma âncora no meu pé *-*

    beijas, sua linda cunhada minha :*

    ps: obrigada pelo seu carinho de sempre, você é tão doce, obrigada mesmo ♥

    ResponderExcluir