quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Ao telefone [2]

Ele - Você conseguiu dormir?
Ela - Sim, depois de um tempo. Você não?
Ele - Demorei muito.
Ela - Por quê?
Ele - Porque seu cheiro ficou em mim.

--

"Que seja doce a espera pelas mensagens, ligações e e-mails bonitinhos. Que seja (mais do que) doce a voz ao falar no telefone."
Caio F. Abreu

Um comentário: