quarta-feira, 14 de abril de 2010

Coração pára de bater tanto assim por ele.
Eu tô mandando!

--

Ai porque eu ainda perco o fôlego só de pensar nele?


Acho que o coração não me ouviu.

segunda-feira, 12 de abril de 2010


"Ele estava livre, infinitamente, a ponto de não mais se sentir pesar sobre a terra. Faltava-lhe esse peso das relações humanas que entrava o passo, essas lágrimas, esses adeuses, essas queixas, essas alegrias, tudo o que um homem acaricia ou dilacera toda vez que esboça um gesto, esses mil laços que o ligam aos outros e o tornam pesado."

Saint - Exupéry


¨¨

-- quero a liberdade, com todos os embargos que ela traz